AVISO - Este blog está no FACEBOOK -

Porque a vida não é como nós queremos e o dia só tem 24 horas, vou deixar de actualizar este blog, diáriamente como era meu hábito.
Passarei a publicar, no Grupo existente no Facebook. (link à vossa direita)
Publicarei aqui, apenas, alguns eventos que por vezes enviam por mail.
Não é um abandono, mas antes uma gestão de tempo.
Por falar em tempo, alguém tem umas horitas que me possa dar?

Deixei mesmo, de actualizar o blog e a página no facebook. Como já referi o tempo não é muito e a vida leva-nos para outros caminhos. Era um projecto que eu pensava, conseguir ajuda para o actualizar diariamente, mas não tive sucesso.

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Mecos a Fundo - Prova de Perícia Automóvel, organizado p/ Serra a Fundo, Gouveia



O Serra a Fundo, secção ligada aos Desportos Motorizados, vai realizar no próximo dia 7 de Março, pelas 14h o Mecos a Fundo – Prova de Perícia Automóvel, em Vila Nova de Tazem Gouveia, que promete reunir vários amantes desta modalidade e publico no geral.
A Prova tem a colaboração da Junta de Freguesia de Vila Nova de Tazem, da Empresa Seis Sentidos e o apoio do Município de Gouveia e do Museu da Miniatura Automóvel.
No intuito de cativar à participação de todos no evento, entendeu a organização premiar várias categorias com prémios monetários distribuídos entre os prémios à geral e por categoria, no total de 3 (três):
Geral: 1º Lugar – 200€, 2º Lugar – 100€, 3º Lugar – 50 €
3 Categorias diferentes: 1º Lugar – 100€, 2º Lugar – 75 €, 3º Lugar – 50€
Do programa destacamos igualmente as demonstrações na Pista feitas por Carros de Modelismo e do Carro Skoda Favorit do Campeonato Regional de Ralis Centro.

Programa
7 Março – Vila Nova de Tazem – Gouveia

10h - Abertura do Espaço com Musica e Bar
10h30m – Demonstração de Modelismo
11h – Demonstração Skoda Favorit 136 L – João Leonardo / Nuno Costa – do Campeonato Regional de Ralis Centro
14h – Inicio da Perícia Automóvel

Info : 966201179/917682524


Secção Desportos Motorizados Serra a Fundo

recebido via mail

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Comemoração do Feriado Municipal de Manteigas

O jardim das delícias!

É divertido, é poético, é circo. É um espectáculo para toda a família! No sábado, dia 27 de Fevereiro, "Le jardin" do Atelier Lefeuvre & André fará as delícias de miúdos e graúdos.
Um espectáculo verdadeiramente completo, onde o Teatro, a Poesia e o Novo circo são misturados com muito humor. Trata-se de um passeio pelo jardim para meditar sobre a condição humana, umas vezes triste, outras alegre, umas vezes doce outras amarga. Noventa minutos que mostram uma rotina logo aglutinada pela surpresa.
O circo chegou à cidade é mostra-nos o seu maravilhoso jardim, no sábado às 21h30!
Adquira bilhetes aqui.



http://teatromunicipaldaguarda.blogspot.com/

CAMINHADA 7 DE MARÇO (clique para aumentar)

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

O TMG dá lugar à criação artística jovem

Se fazes parte de uma banda, de um projecto musical ou teatral, ou outro projecto de criação artística, e gostarias de te apresentar no Café Concerto do TMG, a solo ou em grupo, entra em contacto connosco. Temos espaço para gente com talento.
Contacta-nos através do 271 205 240 ou pelo correio electrónico geral@tmg.com.pt



http://nac-guarda.blogspot.com/

Crítica a "Tetro" de Coppola, por Victor Afonso

“Tetro” é o regresso em grande forma do realizador Francis Ford Coppola, depois de um desequilibrado “Uma Segunda Juventude” (2007). “Tetro” é, também, um belíssimo regresso ao cinema a preto e branco que representou um outro filme de Coppola, “Rumble Fish” (1983). A nova obra do cineasta da trilogia “O Padrinho” explora um dos seus temas predilectos: a família e as suas atribulações interinas. A história de “Tetro” é contada em retalhos temporais, alternando a cor com a deliciosa fotografia a preto e branco: a cor é apenas relevante nos momentos das recordações dos personagens, momentos que têm tanto de sedutor como de tortuoso, revelando uma história familiar que contém o sabor contraditório da amargura, melancolia e felicidade. “Tetro” é um filme sobre encontros e desencontros, sobre a desagregação dos laços familiares, mas tamz bém sobre o amor reencontrado. Tudo filmado com extrema suavidade de realização por parte de Coppola, tendo como cenário a bela e plasticamente atraente Buenos Aires. Destaque especial para as notáveis interpretações de Vincent Gallo, Alden Ehrenreich e da actriz espanhola Maribel Verdú.
Crítica do cinéfilo Victor Afonso ao filme "Tetro" de Francis Ford Coppola. O filme é exibido amanhã à noite (24 de Fevereiro) às 21h30 no Pequeno Auditório do TMG.



http://teatromunicipaldaguarda.blogspot.com/

WINUBI 2010 Apresentação de candidaturas até 12 de Março 2010


A UBI lançou o concurso de ideias WINUBI 2010, destinado à comunidade da Universidade da Beira Interior, nomeadamente docentes, investigadores, bolseiros, funcionários, alunos de qualquer nível de ensino e ex-alunos de qualquer nível de ensino. Apresentação de candidaturas até 12 de Março.


O concurso tem como objectivo seleccionar ideias/projectos inovadores, em qualquer domínio científico ou tecnológico, em torno dos quais se possa vir a perspectivar a criação de novas empresas de forte conteúdo inovador com potencial de crescimento e viabilidade comercial.
As candidaturas deverão ser enviadas até às 23.59 horas do dia 12 de Março de 2010 para o email do ICI - ici@ubi.pt através do preenchimento do formulário. A divulgação dos concorrentes premiados será feita no decurso da Sessão Final do concurso, a ter lugar no dia 31 de Março de 2010.

Serão premiadas as 3 melhores ideias com os seguintes prémios:
  • 1º Prémio: 3.000€
  • 2º Prémio: 2.000€
  • Prémio de Empreendedorismo Feminino: 1.500€
  • Ver regulamento

GOUVEIA ART ROCK 2010


Câmara Municipal de Gouveia
e a 
DLCG - Desporto, Lazer e Cultura de Gouveia

apresentam
GAR 2009 logo
Teatro-Cine, Gouveia, Portugal
17 e 18 de Abril de 2010

Holton
Steve Hackett Acoustic Trio (Inglaterra)confirmados para o segundo dia


Holton
Tous Dehors (França)confirmados para o segundia dia



Mats & Morgan Band (Suécia)confirmados para o primeiro dia


Holton
The Enid (Inglaterra)confirmados para o segundo dia



David Myers (Canadá)confirmado para o primeiro dia



Electric Asturias (Japão)confirmados para o primeiro dia



After Crying (Hungria)confirmados para o primeiro dia


Holton
Mörglbl (França)confirmados para o primeiro dia



organização:

Câmara Municipal de Gouveia


mais informações:
http://www.gaudela.net/gar/index-p.html

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

“Le Jardin”: o circo vem à cidade!

É possivelmente um dos mais belos espectáculos que passaram até à data no Teatro Municipal da Guarda. “Le Jardin” do Atelier Lefeuvre e André (França) promete levar a plateia ao rubro com o seu espectáculo de circo cheio de humor e poesia. O encontro está marcado para o próximo sábado, dia 27 de Fevereiro, no Grande Auditório.
O duo dinâmico composto por Didier André e Jean-Paul Lefeuvre traz-nos um espectáculo verdadeiramente completo, onde o teatro a poesia e o novo circo são misturados com mestria e com muito humor e sem palavras. “Le Jardin” é um passeio para meditar sobre a condição humana, umas vezes triste, outras alegre, umas vezes doce, outras amarga. O circo chegou à cidade e vem mostrar-nos o seu maravilhoso jardim, ideal para um passeio em família!
A crítica rendeu-se a este espectáculo. “Le Jardin” é sistematicamente elogiado pela crítica internacional: «Um Jardim rico e inabitado, cheio de emoções, de gargalhadas e de sorrisos. Um espectáculo simples que merece uma sala esgotada»; «Obrigatório! Le jardin está para o espectáculo assim como Haiku está para a poesia japonesa» ou «Um jardim lindo, fresco, inteligente e divertido. Sorrimos, soltamos gargalhadas e depois deixamo-nos levar pela poesia e ficamos abismados com uma interpretação que do início ao fim se desdobra como uma colecção de felizes surpresas.».

http://teatromunicipaldaguarda.blogspot.com/

I Festival de Requeijão em S. Paio


A localidade de S. Paio do concelho de Gouveia vai receber no próximo dia 28 de Fevereiro o Festival do Requeijão. Uma organização levada a cabo pela ADRUSPA que decorrerá no pavilhão da Junta de Freguesia entre as 10h e as 17h. É uma clara tentativa de potencializar o produto regional, dar-lhe visibilidade e promoção.

Covilhã - CICLO DE RECITAIS NO TEATRO-CINE pela EPABI - às sextas-feiras - A Não Perder!

A EPABI apresenta ao público a calendarização do ciclo de recitais a realizar no Teatro-Cine da Covilhã, na Praça do Município, entre os meses de Fevereiro e Junho. Entrada Livre! O ciclo de recitais irá desenvolver-se no Teatro-Cine da Covilhã (às 21h30m) de acordo com a seguinte programação: 26 de Fevereiro: Tuba e Contrabaixo; 5 de Março: Saxofone e Clarinete; 16 de Abril: Oboé e Trompa; 23 de Abril: Violoncelo e Violino; 21 de Maio: Trompetes; 28 de Maio: Trompetes; 4 de Junho: Flauta e Trombones; 11 de Junho: Piano e Guitarra; 18 de Junho: Violino e Trompa; 25 de Junho: Trombone e Clarinete. A Banda da Covilhã agradece o CONVITE e estará presente.
http://bandadacovilha.blogspot.com/

27 de Fevereiro * 21:30 * Teatro das Beiras


A(c)tordoado, Sit Down Comedy (porque eu não sei fazer Stand Up) fala-nos, de uma
maneira divertida e com um humor de alguma forma contundente, da vida de um actor em Portugal. È
uma crítica satírica à forma como hoje, no nosso país, encaramos o trabalho do actor e o papel do
teatro na sociedade.
Texto e Interpretação : Sofia Bernardo
Classificação Etária:
M/12
Duração:
50 minutos

26 de Fevereiro * 14:30 e 21:30 * Teatro Municipal da Guarda Pequeno Auditório


A Neve é um espectáculo construído a partir de cinco contos de Vergílio Ferreira: O Encontro, A Palavra Mágica, A Fonte, A Galinha e A Estrela. Histórias que, interligadas, revelam um humor corrosivo e alguma nostalgia em relação à condição humana.
Adaptação, dramaturgia e encenação: José Carretas | Interpretação: Fernando Landeira, Pedro Damião, Pedro da Silva, Rui Raposo Costa, Sónia Botelho e Teresa Baguinho | Cenografia: Nuno Lucena e José Carretas | Música Original: Telmo Marques | Figurinos: Margarida Wellenkamp | Desenho de luz: Joana Oliveira
Vídeo da peça no Youtube:  http://www.youtube.com/watch?v=bwMNRLBE4GY
Para mais informações, clique aqui.

“Corpo Memória Desperdício” – 25 de Fevereiro às 21:30


O Teatro das Beiras tem o prazer de acolher a instalação interactiva “Corpo Memória Desperdício”, criação da Quarta Parede – associação de artes performativas da Covilhã, de 25 de Fevereiro a 11 de Março de 2010, entre as 21:30 e as 23:30, no Café Concerto do Teatro das Beiras.
Corpo, Memória e Desperdício é uma instalação interactiva, um teatro de objectos por entre o qual fluem micro narrativas que o usuário tem que descobrir para criar a sua própria história: entre o caos de cabos – os seus neurónios – e os mapas.
Este projecto, do qual hoje mostramos um work in progress, surge de uma parceria estabelecida entre a Quarta Parede e o departamento de Comunicação e Artes da UBI, com o intento de criar uma equipa interdisciplinar que envolva os alunos do Mestrado em Design Multimédia com artistas e profissionais da multimédia, do teatro, da informática e da electrónica. Do confluir de todas estas disciplinas surge a magia da interactividade: as imagens e os sons despoletados por sensores que controlam os corpos, os desperdícios e, talvez, a nossa memória.
O projecto de instalação parte de uma reflexão sobre o Corpo e o Objecto, mais especificamente, sobre as relações que o indivíduo estabelece com os objectos e a forma como estas se traduzem em Desperdício e Memória.
Os objectos focados são de várias ordens, objectos meramente utilitários de uso quotidiano; objectos de consumo rápido e fácil, objectos que se guardam pelo seu valor afectivo e objectos infantis do passado e do presente.
O desperdício é aqui trabalhado no sentido do consumo, da acumulação e do desaproveitamento a que estão sujeitos a maior parte dos objectos. Através da presença física dos objectos, esta ideia de desperdício procura também apontar para como constróem os objectos uma memória do consumo em massa e como, ao patentearem o consumo, eles acabam por representar memórias e vivências que dizem respeito a cada indivíduo em particular.
O objecto comunica para além da sua função. Fala-nos da sua relação com o Mundo e connosco. Tem determinadas cores e formas que o aproximam ou distanciam de nós, de outros objectos e de outras paisagens. Quando se diz paisagem diz-se a porção de território que o nosso olhar consegue alcançar.
Em Corpo, Memória e Desperdício os objectos pretendem funcionar como paisagens. Paisagens pequenas, grandes ou secretas dependendo do alcance do nosso olhar. Micro paisagens com ligações que emergem narrativas que fluem pelo espaço, pelo chão, pela parede e pelos objectos pendurados, para confluir numa macro paisagem, uma narrativa infinita, a narrativa do corpo, da mente, da memória, do tanto desperdício que produz, hoje em dia, a nossa sociedade.
Ficha técnica:
Co-Produção I Quarta Parede e Mestrado Design Multimédia da Universidade da Beira Interior
Concepção I Agueda Simó, Rui Sena, Sílvia Ferreira
Desenvolvimento da Instalação I Agueda Simó, Sílvia Ferreira, 1º Ano de Mestrado Multimédia: Bruno Catarino, Catarina Neves, Cátia Saldanha, Filipa Serpa, Filipa Velho, João Pereira, João Proença, Marcelo Teixeira, Marta Ferras, Miguel Estevinha, Nuno Rodrigues, Paulo Fonseca, Ricardo Ramos, Wilson Pinto
Concepção e desenvolvimento de interfaces físicas I Agueda Simó, Nuno Sousa, Sílvia Ferreira
Desenvolvimento de Sensores I Nuno Sousa
Programação Multimédia I Henrique Hurtado, Rui Brás
Vídeo I João Grancho, Sílvia Ferreira
Produção Executiva I Celina Gonçalves
AGRADECIMENTOS I Rui Garcia, Administração do Centro Hospitalar da Cova da Beira, Supermercado Canário, ADC – Águas da Covilhã EM, Gráfica da Covilhã, Reciascensão – Reciclagem de Sucatas Lda.
Para mais informações:
quarta parede
associação de artes performativas da covilhã
sede social: rua celestino david, lote 4, r/c dto.
6200-072 covilhã * portugal
secretariado: rua mateus fernandes, nº135, 2ºA 
6200-142 covilhã * portugal
tel.|fax: +351 275 335 686 * tlm.: +351 969 785 312
qp@quartaparede.pt * www.quartaparede.pt 
www.quartaparedecovilha.wordpress.com * www.vodpod.com/quartaparede
www.twitter.com/quarta_parede * www.facebook.com/quartaparede
http://teatrodasbeiras.wordpress.com/

A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço apresenta a A LEITURA NA PONTA DA LÍNGUA! Iª FEIRA DE LEITURA DA GUARDA


A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço tem o gosto de apresentar a Iª Feira de Leitura da Guarda, que decorrerá nos dias 4, 5, 6 e 7 de Março de 2010, no Centro Comercial Vivaci - Guarda, das 10h00 às 20h00
A Feira de Leitura proposta pela Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, comemora um ano de actividades de promoção do livro e leitura.
Ao longo do ano de 2009, a Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço desenvolveu um trabalho de promoção do livro e da leitura na comunidade. Para o efeito, foram convidados promotores de leitura de renome com larga experiência em promoção do livro e da leitura. Estiveram na Biblioteca Municipal, escritores, contadores de histórias, técnicos da Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas, da Biblioteca Nacional e da Fundação Calouste Gulbenkian. Alguns dos trabalhos realizados foram a Hora do Conto nas escolas e na Biblioteca, Cursos de Formação para a comunidade em geral, Academia Sénior da Guarda, professores e profissionais das Bibliotecas Municipal e Escolares.
A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço promoveu ainda palestras, encontros com escritores e sessões de contos para pais e filhos. Criou e realizou, no Verão, o simpático projecto de promoção do livro, os Piqueniques Literários, que contou com a total adesão das famílias. Manteve durante todo o ano, cursos de formação para a equipa da Biblioteca, preparando-a para um melhor atendimento do público, de forma a promover o livro e o gosto pela leitura.
Através das palestras, dos cursos de formação e projectos de leitura, a Biblioteca formou uma rede de amigos, com os quais conta na participação e divulgação das actividades, cursos, palestras ou exposições. Contamos também com a participação de alguns leitores voluntários. É deste modo que pensamos a promoção da leitura na comunidade.   
Com o apoio da comunidade, sugerimos actividades e recebemos propostas, ideias e sugestões sobre a melhor forma de fazer chegar o livro às mãos dos leitores, de uma maneira eficiente e, procurando que esta leitura lhes proporcione momentos agradáveis.
A Biblioteca Municipal estará sempre de portas abertas, esperando por cada cidadão que a queira apoiar e incentivar na prática da leitura no nosso Concelho.
Pretendemos estender estas acções de promoção do livro e da leitura para além dos muros da Biblioteca Municipal, formando uma comunidade de leitores. Para o efeito, investimos e acreditamos profundamente nas novas gerações de leitores.
Pensamos que a leitura deve ser oferecida às crianças e aos jovens, à semelhança do que ocorre com os cuidados de higiene, educação e saúde. O maior e o melhor tesouro, que podemos deixar de herança a uma criança, chama-se leitura. Ela traz-nos cultura e conhecimento e, o conhecimento é um património que nos acompanhará ao longo das nossas vidas.

O que pretendemos levar para a Feira de Leitura?

Os livros e as leituras que já fizemos em casa e na escola; o destaque principal será para o livro. Pretendemos que as pessoas toquem nos livros, que os folheiem e que, num cantinho aconchegante da feira, se possam deliciar com a leitura.
Todos os anos, os dados estatísticos, nacionais e internacionais, mostram-nos os baixos índices de leitura entre as crianças, e principalmente, entre os jovens. Acreditamos ser possível apontar soluções, propor saídas e juntos trilharmos caminhos que nos levem a uma melhoria dessas estatísticas, colocando o Concelho da Guarda em destaque.
A leitura é uma actividade para ser desenvolvida no dia-a-dia, em casa e na escola. A Feira de Leitura como o próprio nome sugere, é um evento onde se pretende mostrar um trabalho desenvolvido e ter a leitura na ponta da língua!
Em seguida sugerimos algumas actividades que poderão ser desenvolvidas para apresentação na Feira de Leitura:
Actividade 1
Seleccionar livros e deixar que cada criança escolha o livro que quiser. Estimular para que sejam lidos. Deixar a escolha livre, colocar livros diferentes: com pouco texto, com texto sem imagem, com imagem sem texto, com texto e ilustrações, etc… Esta selecção é muito importante. Se precisar de ajuda, poderá solicitar os livros e sugestões à Biblioteca Municipal ou às Bibliotecas Escolares.
Mas… como quem conta um conto aumenta um ponto, o que fazer depois desta actividade com leituras? Sentados em círculo vamos conversar sobre o que se leu. O que mais gostaste? Porque gostaste? O que menos gostaste? Lembras-te do título do livro? E do nome do autor e do ilustrador? Aqui, os professores ou os pais devem falar da importância de reter o nome do autor e do ilustrador. E por que é importante conhecer o autor e o ilustrador?  
Sugerimos repetir esta actividade com frequência, pois assim estaremos a permitir a formação do leitor crítico. Além de dar a nossa opinião, ouviremos a opinião dos outros. Estimularemos o debate e também o respeito pelas opiniões dos outros. Este modelo de trabalho pode ser repetido vezes sem conta. O que temos de mudar são os livros a trabalhar.
Actividade 2
Leituras Compartilhadas – propomos para esta actividade um trabalho realizado com pares. Um livro para cada dois alunos. Cada um lê um pouco do livro. À medida que forem trocando de livro, podem também trocar de par. No final, sentados em círculo, vamos repetir mais ou menos a mesma avaliação da actividade anterior. É importante que todos falem e que dêem a sua opinião sobre o que leram.
Actividade 3
Propomos que se leiam, numa primeira etapa, todos os textos escritos dos livros escolhidos. Numa segunda etapa, que se leiam apenas as ilustrações e, numa terceira etapa, que se faça um jogo de memória para saber quantos autores e ilustradores conseguimos conhecer naquelas leituras.
Num outro momento, cada par lerá em voz alta uma parte do seu livro. Deve dar-se tempo para que os pares se preparem. Podem fazer um ensaio. Este não é um concurso para ver quem lê melhor, mas sim um modo divertido de ler em voz alta. Para os que ainda não sabem ler, os pais e os professores podem dar uma ajuda, pedindo que repitam, dando um destaque especial às imagens. Na hora da avaliação final, não é recomendável notar quem leu melhor ou pior, pois essa atitude pode inibir o surgimento de um futuro leitor.
Todas as actividades devem terminar sempre com uma conversa, ou seja, uma avaliação sobre o que se fez e o que se leu.
Outras sugestões
Sugerir que os alunos tragam os seus livros de casa para a escola, para os partilharem com os colegas. Incentivar que os alunos levem os livros da escola para casa para os partilharem com a família.
Promover, na escola, uma pequena Maratona Semanal de Leitura, onde, durante uma hora, haverá sempre alguém a ler um livro. Locais sugeridos: a Biblioteca Escolar ou a sala de aula.
Convidar os pais para virem ler para as crianças, na sala de aula.
Fazer uma visita à Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço com a sua turma ou com o seu filho.
Estimular o empréstimo e a troca de livros entre as crianças. Para o efeito, promover na escola uma feira de troca de livros, Banda Desenhada, Cd´s e Dvd´s.
Usar o tempo final da aula para as actividades de leitura.
Criar, no programa curricular semanal, um horário dedicado à leitura e a comentários sobre leituras efectuadas.
Tentar sempre trabalhar em conjunto, a escola com a família, pois as parcerias induzem a melhores resultados na promoção do livro e da leitura.
Ensinar o respeito e o cuidado que devemos ter com os livros ao folheá-los, não dobrá-los, não amassar as páginas. Ensinar que o livro é feito de papel e o papel vem das árvores. Ensinar também que cada livro contém um tesouro guardado e que cada leitor deve ser o guardião desse imenso tesouro que é a leitura.
Estas sugestões parecem muito simples e são realmente, pois o segredo das grandes realizações e das grandes conquistas consistem muitas vezes na simplicidade das ideias e das suas práticas.
Além destas sugestões, contamos com o seu contributo e imaginação para que outras possam surgir.
Contamos com o apoio de todos. 

Semana Vergiliana de 1 a 5 de Março - Gouveia


Cerimónia do anuncio do vencedor do Prémio Vergílio Ferreira 2010, Categoria ensaio - Dia 1 de Março, pelas 18h00 no Auditório da Biblioteca Municipal Vergílio Ferreira
Programa:

1 de Março
18h00 - Cerimónia de anúncio do vencedor do Prémio Vergílio Ferreira 2010

2 de Março
14h30 - Apresentação da Peça de Teatro "A Neve" do Teatro da Beiras

3,4 e 5 de Março
14h30 - Visitas guiadas à Terra Natal de Vergílio Ferreira - Melo



http://www.cm-gouveia.pt/

Bandas Em Concerto - Sociedade Boa União Alhadence


27  de Fevereiro - Teatro-Cine - Todos os públicos - Preço: 1,50€ 
Fundada em 8 de Dezembro de 1854, sob o nome “Montepio Filarmónica União Alhadence”, mais tarde designada por “Sociedade União Alhadence”, actua pela primeira vez no dia de Natal desse mesmo ano nas ruas de Alhadas, mantendo-se em actividade até hoje. Em 1855 estreia o seu primeiro fardamento e obtém os primeiros contratos, incluindo Espanha, para onde se deslocou várias vezes. No dia 10 de Junho de 2005 representou Portugal nas comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que decorreram no Luxemburgo.
Actualmente, a filarmónica é constituída por 66 elementos e tem na sua Escola de Música 32 alunos. Para além da filarmónica tem outras vertentes, como o grupo Cénico, Orquestra Ligeira, Grupo de Metais e Ensemble de Saxofone, Grupos de Flautas e Grupos de Clarinetes. Foi uma das colectividades fundadoras da Associação das Colectividades do Concelho da Figueira da Foz e também uma das fundadoras da Federação das Filarmónicas do Distrito de Coimbra, tendo participado em todos os Encontros Distritais.

O Dom de uma Maternidade Natural - Covilhã


É já esta quarta-feira!
Mamãs da Covilhã e arredores não percam, ainda temos algumas vagas!=)

Quarta-feira, dia 24 de Fevereiro, pelas 14:00 horas, a Loja Ponto Já da Covilhã irá receber uma palestra bastante original.
"O Dom de uma Maternidade Natural" é a proposta de Sofia Costa para este encontro de pré-mamãs ou outros interessados, onde serão partilhadas experiências entre as futuras mães, saber o que fazer durante a gravidez, como fazer e porquê, além de esclarecer qual a forma mais natural de lidar com este período de gestação.
Mais informação em: http://maternidadenatural.blogspot.com.

Loja Ponto Já | Rua António Augusto de Aguiar [Edifício Mercado Municipal]
Tlf: 275089303 / E-mail: pontojacovilha@hotmail.com

Manteigas: 3.º Passeio TT - Sameiro 2010


Informações: 965611708 ou 919211484

sábado, 20 de fevereiro de 2010

XI Gala do desporto do Distrito da GUARDA - 113 homenageados

Na 11ª edição da Gala do Desporto, o jornal Nova Guarda criou o Troféu Virgílio Cruz, atribuído ao Melhor Jogador em Campo no Campeonato da I Divisão Distrital, que na época passada foi Nuno Marcos, do Sporting Clube do Sabugal. Depois do Troféu João Adónis, destinado a premiar o Árbitro Mais Regular desde o ano de 2007, foi agora lançado um troféu com o nome de Virgílio Cruz, que foi jogador da Associação Desportiva da Guarda, treinador e árbitro e, nos últimos anos, tem sido repórter desportivo do NG.


O jornal Nova Guarda homenageou, mais uma vez, atletas, clubes, técnicos e dirigentes, naquela que foi a XI Gala do Desporto do Distrito. O evento, realizado com o apoio do Município da Guarda, teve lugar na passada sexta-feira, dia 12, no Hotel de Turismo da Cidade.
Considerado já um dos maiores eventos sociais da região, que reúne a ‘família’ desportiva do distrito da Guarda, a festa dos campeões contou também com momentos de música e boa disposição, proporcionados pelos Oktrupe.
Nesta 11ª edição foram atribuídas mais de 110 distinções, premiando, desta forma, o trabalho, a dedicação e o esforço daqueles que se destacaram na época passada em diferentes modalidades, desde os jogos tradicionais, ao desporto para trabalhadores, o desporto escolar e o desporto federado.
Ao todo foram 113 os homenageados, envolvendo 16 modalidades, nos seus diversos escalões e variantes, provando também que ‘há mais vida para além do futebol’. Em destaque estiveram 21 campeões distritais, 25 campeões regionais, 20 campeões nacionais, uma campeã mundial no desporto escolar e uma campeã europeia, envolvendo desportos colectivos e individuais, como andebol, futebol, basquetebol, natação, judo, desportos motorizados, voleibol, entre outros.

Seis vencedores
Nesta cerimónia foram igualmente entregues os troféus que resultaram das nomeações da Comissão Consultiva da Gala do Desporto: Vida Associativa, Clube do Ano, Atleta do Ano, Técnico do Ano e Dirigente do Ano. Na categoria de “Dirigente do Ano”, o mais votado foi José Ambrósio, presidente do Sporting Clube de Mêda; o voleibolista André Lopes ganhou o prémio de “Atleta do Ano”; António Castro Fernandes, da Associação de Atletismo da Guarda, foi homenageado com o troféu “Vida Associativa” e o Clube BTT de Seia arrecadou a distinção de “Clube do Ano”. Já o galardão que distingue o “Técnico do Ano” foi repartido por Pedro Martins e João Gomes (ambos ligados ao atletismo), por conseguirem o mesmo número de votação.

Homenagem a Fernando Matos
Foi ainda realizada uma homenagem a título póstumo ao recentemente falecido Fernando Matos, antigo atleta da extinta Associação Desportiva da Guarda. O engenheiro foi recordado com a entrega do Troféu À Memória aos filhos Hugo e Maria Francisca Matos, de 22 e 14 anos, respectivamente.
Recorde-se que Fernando Matos foi durante vários anos director do Parque Natural da Serra da Estrela (PNSE), mas esteve também ligado à área desportiva, até vir a falecer, aos 55 anos de idade, no dia 5 de Dezembro de 2009, após internamento no Hospital do Funchal depois de lhe ter sido diagnosticada pneumonia. Na altura, encontrava-se no arquipélago da Madeira para participar num encontro de futebol com o Núcleo das Velhas Guardas da Associação Desportiva da Guarda, clube onde jogou durante alguns anos. No campo desportivo, além de ter sido jogador da Desportiva, foi também treinador em equipas do distrito da Guarda e fora, como são exemplos o Núcleo Desportivo e Social (NDS) e um clube de São João da Pesqueira.
Todos os homenageados e outros protagonistas do Desporto constam numa publicação (Magazine) a cores, distribuída com o Nova Guarda na edição desta semana.



Nova Webcam em Manteigas





















A imagem apresentada é obtida a partir de uma câmara de videovigilância de marca AXIS, modelo 211-A.
A câmara está instalada na parte superior do edifício principal da Pousada de São Lourenço, Manteigas.
A utilização da Pousada para a captação de imagens é possível graças a um acordo de cooperação entre a ASE - Amigos da Serra da Estrela e a Pousada de S. Lourenço/Grupo Pestana – Empreendimentos Hoteleiros, S.A., celebrado para o efeito, com a finalidade de incentivar o turismo sustentável e a divulgação do conhecimento sobre a Serra.


























Manteigas - XVI Encontro Convívio de Coleccionadores Nacionais e Estrangeiros e Feira de Trocas

A nona edição do Inside Out começa amanhã com jovens da Casa da Sagrada Família

Começa amanhã, sábado, a nona edição do projecto socio cultural Inside Out que desta vez reúne um grupo de jovens da Casa da Sagrada Família (Guarda) para aprender e trabalhar em várias sessões pedagógicas a arte da dobragem de papel: Origami.
Sob a orientação da formadora Ana Rita Teodoro, o grupo de jovens irá realizar, em várias sessões e até meados de Março, uma escultura em papel que ficará depois exposta entre 15 e 31 de Março no Foyer do TMG.
A nona edição do Inside Out intitula-se "Dobragens de luz e sombra: os anjos da Guarda".
Inside Out é um projecto de acção cultural e social do Teatro Municipal da Guarda e da Câmara Municipal da Guarda que decorre uma vez cada trimestre. Trata-se de um projecto que pretende valorizar a participação de públicos habitualmente esquecidos, dinamizando com estes, actividades criativas que valorizem as suas capacidades.



http://teatromunicipaldaguarda.blogspot.com/

Oficina de Origami no TMG

O TMG, através do seu Serviço Educativo, promove nos próximos dias 24 e 25 de Fevereiro (quarta e quinta-feira) uma Oficina de Origami onde será revelada a arte das dobragens em papel pela formadora Ana Rita Teodoro.
A actividade, que decorrerá na Sala de Ensaios do TMG, tem como principais destinatários alunos das escolas do 1º ciclo do Ensino Básico (às 10h) e também o público sénior (às 14h30).
Os interessados em participar nesta actividade deverão inscrever-se o quanto antes na Bilheteira do TMG. O valor da inscrição é de 2 euros por participante!



http://teatromunicipaldaguarda.blogspot.com/

Mapa dos MONTES HERMINIOS.